Festa do Coração

Como todo mundo já deve ter percebido, a festa Crew faz aniversário de 3 anos nesse fim de semana, e como ela é tipo MUITO querida da gente, além de desenterrar um post de 2008, fizemos um bate papo rápido com a promoter da festa e pessoa mais conectada ever Lalai e com seu companheiro de aventuras Fabilipo.

Abaixo o bate papo, que passa entre tocar no BBB, pool party, Crew label e por aí vai:

Lalai, a mulher mais conectada do mundo:

Foto: RSeefo

Killer155: A Crew começou quando se falava muito na história do new rave, e era uma caracteristica boa da festa ser new raver. Foi dificil sair do rótulo e construir um público fiel?
Lalai: Na época foi bem difícil nos definir. Queríamos fazer algo que era novo, música que sabíamos que as pessoas ouviam em casa, mas não tínhamos onde ir para escutar só esse tipo de música, que depois definimos como “maximalismo”, mas ainda acho que foi por falta de nome! hahahaha… para deixar a coisa mais divertida, acabamos vestindo o estilo new rave, cheio de cores & fluors, mas já era certo que isso não iria longe, né? A festa foi evoluindo musicalmente, mas com as mesmas influências, porém chegou uma hora que todo esse estilo “new raver” (que vamos concordar que é uma grande piada, mas nos divertimos bastante com ela), deixou de existir sem ao menos a gente dar conta. O público foi junto… 

Killer155: As festas estão sempre cheias e com todo tipo de gente, mas pra vocês quem é o público da Crew que faz aquela pista suar – literalmente.

Lalai: Quem de fato gosta da música que tocamos. O público foi mudando com o tempo. Não são mais as mesmas pessoas que iam na Crew há 3 anos atrás, mas claro, temos os resistentes, que estão lá batendo carteirinha. Acho que a CREW tem uma coisa legal que é levar muita gente que vai lá para ouvir o que tocamos.
K: Qual foi a pior saia justa com alguma atração gringa?
L: Acho que não tivemos nenhuma. Pelo menos eu não lembro, no final sempre trouxemos pessoas que acabaram virando amigas (ou já eram). Então tudo sempre foi bem fácil. 

K: Como é ver os filhos da Crew (RRR, Database, KOTDF) andar com as prórprias pernas e já fazem parte do seleto time de Dj’s de SP?

L: Eu fico com ciúmes! hahahahaha, até porque cada um tem sua própria festa e, obviamente, precisam se dedicar mais a elas. Eu brigo, choro, falo que vou sair, mas no final, eu amo a CREW e vou ficando. Eu fico feliz de verdade em ver todos despontando, conquistando seu espaço, aparecendo na mídia, concorrendo à prêmios e ter aquele sentimento “oh, tudo começou aqui”. 

K: Com o fortalecimento das redes sociais e a maior interação entre várias plataformas, a Crew pretende fazer algo mais que festas pra fidelizar seu público? Conta um projeto pro futuro.

L: Eu tenho um mega projeto ambicioso para o futuro da CREW. Só que esse projeto existe há um bom tempo e nunca saiu do papel. No final cada um foi criando suas prioridades e a CREW acaba sendo nossa festa para nos reencontrarmos e revermos amigos, que mal saem de casa, mas quando tem CREW, eles dão um jeitinho de ir. O futuro ninguém sabe. De vez em quando a gente se reúne, conversa, faz planos mirabolantes, mas aí cada um vai pra casa e mergulha no seu universo, no trabalho, nas viagens e acabamos não fazendo valer. É uma pena, porque acho que poderíamos de fato faturar com a CREW, transforma-la numa marca, criar produtos, serviços, gerar mais conteúdo. Hoje a CREW é para mim mais uma grande celebração com pessoas que gosto, que admiro, que me fazem dançar e me divertir. Acabamos indo na contramão do que todo mundo está fazendo, que é utilizar as redes sociais a favor. Nossa, isso foi um desabafo! Hahahaha 

K: Sempre quis saber: Como foi tocar no BBB? hahaha!

L: A resposta sempre será a mesma: foi única e foi tocar para o menor público e ao mesmo para o maior público que poderíamos tocar na vida. Foi legal, aproveitamos o que pudemos aproveitar, nos divertimos pencas… foi surreal e derrubou alguns preconceitos. Faria de novo. 

K: Se deixassem vocês escolherem um lugar incrível fora de uma casa noturna pra fazer a festa de 4 anos, onde seria?
L: uma casa gigante com uma piscina enorme… seria uma pool party com certeza. Alguém aí arruma uma pra nós???
Bafo né!? Agora, dá uma olhada no bate papo com o Fabilipo, o ”comparsa” da Lalai na festa Crew:
 

K: A Crew começou quando se falava muito na historia do new rave, e era uma caracteristica boa da festa ser new raver. Foi dificil sair do rótulo e construir um público fiel?
Fabilipo: Eu acho que a mudança foi natural, a medida que essa história de new rave foi sendo esquecida, pararam de falar isso da Crew. no início a gente abusava das cores de roupa que a gente usava e só! heheheheh esse era o new rave da Crew, na verdade, nunca levantamos bandeira nenhuma, e o bom da festa é não ter bandeiras mesmo, são muitos djs, cada um com características diferentes, isso é o bacana da Crew.
K: Conta uma história engraçada da Crew, tipo, quem pegou quem, quem já caiu da caixa de som, essas coisas. ahahaha Não precisa citar nomes.
Fabilipo: Eu já derrubei o retorno uma vez e saí batido, meio alterado! hehehe E SEMPRE tem história de quem pegou quem, de gente que namora e fica animada e se joga, mas daí é muito nome e eu ia apanhar na próxima com certeza!
K: Como é ver os filhos da Crew (RRR, Database, KOTDF) andar com as prórprias pernas e já fazem parte do seleto time de Dj’s de SP?
F:Isso pra mim é o mais legal da festa, ver os amigos crescerem e virarem super respeitados e reconhecidos.
K: A Crew é bem geek, sempre tem vídeos bem editados, tá em todas as redes sociais, etc, se fosse pra tocar com um gadget bafo, qual seria?
F: A gente sempre usa coisas estranhas pra tocar, já tocamos com celular inclusive.
K: Se deixassem vocês escolherem um lugar incrível fora de uma casa noturna pra fazer a festa de 4 anos, onde seria?
F: Uma ideia nossa é fazer uma Crew pool party, em breve vai acontecer.
Anúncios
Esse post foi publicado em Música e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s